Sobre o ato de 20/06

Nota no. 11: sobre o ato dessa 5a feira

O Movimento Passe Livre (MPL) foi às ruas contra o aumento da tarifa. A manifestação de hoje faz parte dessa luta: além da comemoração da vitória popular da revogação, reafirmamos que lutar não é crime e demonstramos apoio às mobilizações de outras cidades. Contudo, no ato de hoje presenciamos episódios isolados e lamentáveis de violência contra a participação de diversos grupos.
O MPL luta por um transporte verdadeiramente público, que sirva às necessidades da população e não ao lucro dos empresários. Assim, nos colocamos ao lado de todos que lutam por um mundo para os debaixo e não para o lucro dos poucos que estão em cima. Essa é uma defesa histórica das organizações de esquerda, e é dessa história que o MPL faz parte e é fruto.
O MPL é um movimento social apartidário, mas não antipartidário. Repudiamos os atos de violência direcionados a essas organizações durante a manifestação de hoje, da mesma maneira que repudiamos a violência policial. Desde os primeiros protestos, essas organizações tomaram parte na mobilização. Oportunismo é tentar excluí-las da luta que construímos juntos.

Toda força para quem luta por uma vida sem catracas.

Movimento Passe Livre – São Paulo

20/06/2013

992981_541435065912854_452150089_n

17 Replies to “Sobre o ato de 20/06”

  1. Por favor alguem pode me informar ainde vai ser os manifestos hoje, e amanha?

    Quero estar em todos, moro em carapicuiba

  2. Concordo prenamente que o povo unido não precisa de corruptos! muito menos de partidos.

  3. Não resta dúvida que os objetivos do movimento da forma como está sendo realizada é uma iniciativa com atraso de 20 anos; ou seja: desde que os militares cometeram o erro crasso de “Devolver para os partidos políticos a administração do Pais. Quem viveu a era sabe que nunca houve ditadura no pais, como querem os “excluidos e cassados pelo AI 5.A ditadura se houve foi exatamente contra esses bandidos que se reorganizaram “acobertados por siglas partidária,que hoje deitam e rolam em cima do herário público.
    Se os militares tivessem procedido como Fidel Castro, que exterminou todos os partidos e “fuzilou todos os políticos da época”, certamente hoje teríamos a verdadeira Democracia, onde o poder emana do povo.
    O movimento MPL nasce com um vírus canceroso da corrpção que á ideia de “NÃO PARTIDARISMO”, logo é um MOVIMENTO CONTAMINADO COM O VIRUS DA CORRUPÇÃO.É um Movimento suspeito e o povo deve ficar atento quando surgir um “líder” com a idéia de criar mais uma quadrilha partidária com esta sigla, por sinal bem pertinente.
    ACORDA BRASIL, NÃO SE DEIXE ENGANAR MAIS UMA VEZ – “QUEM DEFENDE CRIAÇÃO DE NOVOS PARTIDOS SÃO INIMIGOS DO POVO. PENSEM NISSO! O PROBLEMA DA CORRUPÇÃO ESTÁ NOS PARTIDOS.
    ACORDA BRASIL, NÃO SE DEIXE ENGANAR MAIS UMA VEZ. PENSEM NISSO! O PROBLEMA DA CORRUPÇÃO ESTÁ NOS PARTIDOS. NÃO PERCA A META DO MOVIMENTO, OU SEJA: “ACABAR COM A CORRUPÇÃO E OS CRIMES HEDIONDOS COMETIDOS PELOS POLÍTICOS ACOBERTADOS POR SEUS PARTIDOS”. SÃO ELES A CAUSA DE TODAS AS DESGRAÇAS QUE A HUMANIDADE VEM SOFRENDO DESDE OS TEMPOS BÍBLICOS, PENSEM NISSO! CONTINUEMOS A MOBILIZAÇÃO É VÁLIDA E DEVER DE TODOS.
    “O POVO UNIDO NÃO PRECISA DE PARTIDO!”
    O profeta Kurumim.

  4. Como julgar que os corruptos , pessoas de caráter inadequado, políticos sem escrúpulos estão errados ?

    -Se tem políticos julgados como CULPADOS, Não cumprindo penas, e ainda, uns estão ocupando cargos no legislativo;
    ´-Se tem pessoas que são mau-caráter , e estes se dão bem na vida;
    -Se tem políticos que estão lá para nos representar, não trabalham segundas, chegam no meio da terça, e saem no meio do dia da quinta dos poderes legislativos;
    Criam projetos de lei totalmente descabidos com a REALIDADE ;
    Tinha que pegar Políticos corruptos, estes caras do crime do colarinho branco, já julgados, pegar e levar para o centro da Amazônia, deixar eles lá com o exercito, limpando a estrada TRANSAMOZONICA , se comunicação com o mundo. O EXEMPLO vai fazer com que os IGUAIS ainda não pegos, pensem muito bem antes de fazer alguma Merda..
    Vamos lutar por isso ?
    Fazer isso vai limpar o BRASIL..

  5. Seus filhos da puta!!! Fizeram a merda toda e agora que consertar. Ficou bonito voces ajudarem a direita nazista desse pais de merda? Espero que sejam os primeiros a enfrentarem o paredão, progressistas ordinários. Quem lutou e deu o sangue por esse país não precisa de um movimentozinho de gente mediocre como voces.

  6. Ok. Vamos deixar o Rui Falcão convocar a “militância” (paga) do PT e se apropriar do movimento, como historicamente o PT faz.
    O antipartidarismo que se vê nas manifestações tem sim um viés de despolitização e ignorância. É verdade também que a direita burra(por não perceber que o PT é o partido que a melhor representa) também está se aproveitando do momento.NO entanto, existe um outro antipartidarismo nas ruas, aquele que não se vê representado por nenhuma bandeira partidária e luta por uma organização horizontal dos movimentos sociais, na direção da autogestão. O poder popular não se coaduna com partidos políticos.
    Viva a bandeira negra da ANARQUIA.

  7. Filinhos,almofadinhas,irresponsaveis,despreparados,frouxos.Leiam sobre o Brasil e pensem muito bem o que voces provocaram,leiam sobre democracia,sobre o que foi a ditadura e o golpe midio-militar.Voces do MPL,bundas quadradas de tanto ficar na internet e não explorar os assuntos descrito pelos blogueiros sujos,esses vos diriam o que a midia faz com otarios despreparados.Agora vamos trabalhar pra salvar o Brasil,pra que a corrupção seja varrida dos tres poderes.E fiscalizar e promover um planejamento economico voltado a o crescimento,pois dai sim poderemos pensar em passe livre.Sem economia forte e saudavel não ha como seguir em frente.Democracia se faz com partidos politicos,apartidarios é ditadura.Ajudemos o governo a seguir em frente com estabilidade e reconhcimento do que de bom esta sendo feito,por que eu sei o que de bom existe,então preservemos isso.Acordem MPL pois o Brasil é um pais que precisa continuar caminhando com seriedade.Sejam corajosos,assumam o que voces fizeram.

  8. O povo brasileiro está de parabéns . Entretanto esse ainda foi o 1° degrau da vitória.

    E’ necessário avaliar nossas necessidade mais urgentes de modo que o povo através desse importante movimento conquiste, sim, seu direito básico de exercer seu passe livre junto as decisões do Congresso nacional :

    – exigir transmissão em rede aberta nacional da Tv Câmara e Tv Senado bem como o resumo da pauta semanal das assembléias legislativas e câmaras municipais dos respectivos Estados da federação

    – Contra a PEC 37

    – fim da verba indenizatória aos parlamentares

    – fim do voto obrigatório

    Estás ações visam exercer mais controle e rigor sobre os parlamentares inescrupulosos deste país

  9. D. Mayara Vivian, é bom não abusar de tantas manifestações. Vai ter uma hora em que o povo vai se cansar disso, Não é o motivo, é porque toda vez que vocês fazem essa movimentação vocês param tudo. Vai ter uma hora que isso vai incomodar e muito o direito de ir e vir da população. Já conseguiram os R$ 3,00 dá um tempo. Senão o povo vai começar a pensar que realmente tem alguma coisa muito escusa e muito suja por detrás desse movimento. e só mais uma coisa vocês são sim responsáveis pelo vandalismo, indiretamente sim. Porque vocês não criam mecanismos pra evitar os “infiltrados”? Se vocês dizem que pode ter tarifa zero vocês também são capazes de deixar no movimento só quem é do bem. Se continuar desse jeito vocês vão acabar entrando para a história como responsáveis pela maior desordem no País.

  10. Diz nossa Constituição Federal, que permito-me dizer, se trata em sua grande parte de uma carta de intenções que não tem sido posta em ação, além de representar em alguns pontos interesses antagônicos ao que realmente é desejo legítimo da população, o seguinte:

    Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.

    Pagamos impostos de países de primeiro mundo para termos um total vilipêndio dos direitos enumerados acima, que são prestados de forma desigual e não uniforme para a população, onde pretensas parcelas da população são superprotegidas com direitos, enquanto uma grande maioria é totalmente posta em desprezo por parte dos esforços governamentais de melhora. Isso nos mostra a ingerência, ou talvez, uma total falta de planejamento técnico para que as receitas sejam de fato convertidas em benefícios à toda a população.

    Existem os 3 baluartes principais, que são a saúde, o trabalho e a alimentação, e que simplesmente não existem e são superados pela galopante corrupção que aqui perdura desde nossa Independência.

    Bem, isso tudo não é novidade.

    O que peço é que diante dos inúmeros movimentos bem – sucedidos dos últimos dias e do entendimento, cada vez maior, da população, sobre a sua força e poder na modificação e melhoramentos proporcionados pela participação no estado democrático de direito, não se esqueçam de que se trata, apenas, dos primeiros passos importantes de mudanças ainda maiores que podem ocorrer caso esses movimentos realmente consigam a consolidação de sua importância e saibam pelo que estão lutando e quais os interesses populacionais em jogo.

    Que as passagens não devem apenas serem diminuídas, mas que devem ser gradualmente até que, através de desonerações ou planejamento financeiro dos governos constituídos, sejam englobadas no valor dos impostos e se tornem um serviço genuinamente público, que priorize a inclusão dos excluídos e a recolocação desses indivíduos à sociedade.

    Que os governos não se outorguem posições monárquicas, e que nossos governantes saibam que devem ser legítimos representantes indiretos do povo, para a consecução dos objetivos em prol da população. Não nego que nutro o sonho, talvez utópico no momento, de uma total reorganização dos poderes constituintes para que haja uma revisão dos métodos democráticos que guiam essa nação. Devem ser objetivos perseguidos por nós, como povo, e detentores da genuína soberania desse país.

    É que isso seja perseguido com perseverança e com muito ativismo, e não com a parcimônia de favores trocados entre negociações políticas mesquinhas, que poderão ocorrer nos próximos dias.

    Parabéns pela organização do maior movimento político desde o impeachment de Fernando Collor, e espero que possa continuar contando com essa maravilhosa inspiração popular dos integrantes daqui.

  11. Oi , gente sou cidadã como vocês e admiro a “luta” que vocês travaram pelo Brasil afora. Acompanhei de longe e achei demais!! fez todo brasileiro se mexer e ter orgulho! E o mais legal é que era “apartidário”!
    Mas que declaração foi essa? O que fez vocês darem essa “petezada” com essa declaração?????
    Gente, retomem seu foco, não se vendam a nenhum partido, o poder d mobilização de vcês é grande demais!!

    Obrigada

  12. Fraude no Vale Transporte de Servid. Publicos de Brasilia-DF – GDF. (E OUTRAS FRAUDES)

    SERVIDOR DO GDF –BRASILIA DENUNCIA CORRUPÇÃO NO GOV. DO DISTRITO FEDERAL – Junho2013.

    Sou FLAVIO HENRIQUE 34 anos, servidor público concursado do GDF-Brasilia – Gov. do Distrito Federal – lotado na Adm. Regional do Riacho Fundo1-DF, e VENHO COMPARTILHAR PROVAS de CORRUPÇÃO NO GDF que os apadrinhados de políticos fizeram e me coagiam a fazer, ser laranja deles, e das ameaças e ofensas que eles faziam contra mim por eu recusar a fazer. Peço a quem puder que enviem cópia deste texto, dos links e meus contatos para JORNALISTAS, TV, MÍDIA, ETC. Disponibilizei as gravações em áudio e texto da corrupção acima relatada em Blog e HD Virtual, que podem ser lidos e baixados nesses links:

    (http://gdf-riacho-fundo1-corrupcao.blogspot.com.br/),

    HD VIRTUAL (https://www.dropbox.com/home/Public/GDF-Corrupcao-RiachoFundo1-Flavio) ou (https://www.dropbox.com/sh/fkzkoavtziw9s9g/AtJrCmRK5P).

    meu CELULAR é (61)8139-9792 (oper. Tim)

  13. Prezados,

    Existe alguma intenção ou iniciativa de se abordar outras causas e ações além das relacionadas ao transporte e sua tarifa ?

    Obrigado, atenciosamente

    Flavio

  14. CARTA DOS OUVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO AOS MANIFESTANTES

    Senhores e Senhoras destas pulsantes manifestações que fizeram acordar o gigante popular que há muito estava adormecido.
    Louvamos esta vivaz demonstração de disposição de participação na gestão pública, não apenas no que pertine ao orçamento e à eficiência de sua utilização, mas, sobretudo, pela disposição de afirmar que estamos amadurecidos em pautar uma política que seja, antes de tudo, uma ressonância dos anseios do povo.
    Como todos sabem, o Ministério Público é grande, forte e atuante graças às suas novas atribuições que lhe foram conferidas pelos constituintes ao darem vida à nossa Constituição Cidadã de 1988. Lá, fizeram construir um Ministério Público com atribuição para a defesa dos Direitos Fundamentais, da legalidade e da democracia, funções que honram a todos nós, razão pela qual nos empenhamos todos os dias para sermos dignos da missão que nos foi confiada.
    Como Ouvidores do Ministério Público, somos duplamente encarregados de sermos os defensores dos anseios populares, pois é através da manifestação de cada cidadão que fazemos observar a defesa dos Direitos, a observância da Lei e a punição dos criminosos. Desta forma, queremos nos solidarizar com cada manifestante que levantou sua voz para que ela definitivamente fosse ouvida. No entanto, se nos permitem e como cada um já concretamente demonstrou, é preciso que apontemos que os atos de vandalismo não refletem a legítima participação popular demonstrada em cada manifestação que floresceu em nosso país.
    Nós, Ouvidores, lutamos para que o Ministério Público não apenas tenha diuturnamente suas portas abertas para o cidadão, mas nos adiantamos para convidá-lo a entrar na casa do cidadão. Tanto é que estamos também em luta para que as Ouvidorias sejam fortalecidas, razão pela qual agradecemos a demonstração de apoio para que a participação popular seja uma regra em nosso país.
    Temos muita coisa em comum. Nós do Ministério Público também somos apartidários, mas igualmente não somos contra os partidos. Afinal, a democracia brasileira é representativa, e é através dos partidos que construímos nossa democracia quando elegemos nossos políticos. Assim, devemos ter o cuidado em não permitir que a política seja criminalizada, pois sem ela não haverá Direito, nem democracia, e sem eles nossas Instituições ruirão. Sem eles nosso Ministério Público se esvazia.
    Portanto, defendamos nossa política, apesar de sempre lutarmos por sua melhoria. Mas, para tal, imperiosa é nossa luta por participação popular, pois um povo só é soberano se sua voz for concretamente ouvida e seus anseios efetivados.
    Nossas vozes ecoarão e serão plenamente ouvidas.
    Lembremo-nos de Euclides da Cunha que, narrando o flagelo da guerra de Canudos, em Os Sertões, apontou que o nordestino era, antes de tudo, um forte. Mas, nessa densa afirmação, ousamos dizer que ele apontava que sua fortaleza estava na constante luta por uma vida melhor; que, mesmo apartado da justiça, redobrava forças para que ela fosse realizada; que, mesmo sem a presença do Estado e de suas Instituições, irresignado, perseverava para construí-los. Agora, vemos não apenas nordestinos, mas todos os brasileiros que, como um impávido colosso, reafirmam que o povo é o soberano na democracia e deve ser sempre ouvido.
    Defendamos nossa democracia; fortaleçamos o Direito na concretização dos direitos humanos fundamentais; defendamos nossas Instituições cobrando-lhes a concretização de suas finalidades constitucionais; defendamos nossa política e continuemos a exigir seu aperfeiçoamento, pois sem eles nossa vida social se apaga, e apenas a violência e o medo terão lugar.
    Somos duzentos milhões em ação, pra frente Brasil, louvemos nosso povo!
    Fortaleza, 20 de junho de 2013.

    José Valdo Silva
    Procurador de Justiça
    Ouvidor-Geral do Ministério Público do Ceará
    Presidente do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público dos
    Estados e da União

  15. Contribuição para reemvindicações:

    1 – Aprovação do projeto de desaposentadorias
    2 – Fim do fator previdenciário das aposentadorias
    3 – Reserva de vagas para pessoas com mais de 50 anos, em concursos publicos

    11 – 984573990

  16. Sou contra o vandalismo e os ataques que aconteceram com grupos de diferentes partidos. Mas o MPL não vai mais protestar por causa do ataque à esses grupos? Por causa da violência? Ou porque o objetivo já foi alcançado???