Rearticulação do MPL no ABC: calendário de atividades

Desde as manifestações contra o aumento realizadas em janeiro e fevereiro de 2013 em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Mauá, Diadema e Ribeirão Pires, antigos e novos militantes vem discutindo a reorganização do Movimento Passe Livre na região do ABC. Com as Jornadas de Junho e a retomada das mobilizações, a proposta ganhou novo fôlego e o coletivo agendou um calendário de atividades para debater a questão do transporte e as lutas.

O MPL-ABC apareceu em 2006 já no contexto das grandes movimentações pelo passe-livre que rolava Brasil afora. Aqui no ABC pensando a questão local do transporte, nos deparamos com uma necessidade de se criar uma luta regional, por isso MPL-ABC. Os anos de 2006-2007 foram bem ativos, porém os anos seguintes foram sem grandes mobilizações, até 2012-2013 quando se formou o “Comitê Regional de Luta Contra o Aumento do Transporte do ABC”.

As mobilizações atuais nos encheram novamente de energia para tentar rearticular o MPL-ABC, é por isso que, antigos e novos integrantes, marcamos uma série de três atividades abertas para agregar mais pessoas interessadas em rearticular o MPL-ABC, bem como interessados nessa luta. Aí vão as atividades:

1) Aula pública sobre a Questão do Transporte e Tarifa Zero, com Lúcio Gregori, idealizador do Projeto Tarifa Zero, e com o MPL-São Paulo, na Concha Acústica de Santo André.

Dia 12/07 às 17h
Praça do Carmo – Santo André

2) Reunião do Grupo de rearticulação do MPL-ABC

Dia 14/07 às 16h.
Rua Alcides de Queirós, 161 – Santo André – SP

3) Vídeo-debate sobre a Luta pelo Transporte

Dia 17/07 às 19h.
Rua Alcides de Queirós, 161 – Santo André – SP

 

Foto: Ato contra o aumento da tarifa em Mauá reúne quase mil pessoas e bloqueia o Terminal Centro por cerca de 1h30 (05 janeiro/2013). A mobilização foi organizada por moradores e o MPL São Paulo esteve presente junto à Fanfarra do MAL, bateria autônoma e rebelde, em apoio.

mauá2

2 Replies to “Rearticulação do MPL no ABC: calendário de atividades”

  1. Tudo muito bonito.Mas na prátíca as tarifas continuam as mesmas.Os serviços continuam com qualidade de mais baixo nível, os preços continuam os mesmos (Não baixou tarifa como apregoam).
    E para piorar a situação, o a região do ABC que é um atraso de vida continua sem integração.Bem pior que o tranporte Publico de SP.
    Até agora apenas barulho, de efetivo nada…N.A.D.A.

  2. Pingback: Movimento Passe Livre – São Paulo » Blog Archive » Informes dos atos da última semana