21/10 – Ato na M’Boi Mirim: contra o corte de linhas e pela duplicação da M’Boi!

Chega de passar sufoco todos os dias, de pé nos ônibus lotados na M’Boi travada! Queremos de volta todas as linhas de ônibus do centro até fundão da M’Boi! E a duplicação da estrada, que a prefeitura falou que já ia começar?

Documento-1-página001

Tem gente que lucra muito dinheiro com o sufoco que a gente passa todo dia para ir trabalhar. O transporte, que deveria ser público, não é feito para quem usa. Serve para dar dinheiro para os donos das empresas de ônibus. Para eles, o aperto é um ótimo negócio: quanto mais gente eles enfiarem dentro de cada ônibus, mais dinheiro eles vão ganhar, com o menor custo possível.

Quando cortaram quase todas as linhas que iam do fundão da M’Boi até o centro e obrigaram todo mundo a usar um terminal que só atrapalha a nossa vida, ninguém perguntou para nós o que achávamos disso. É porque o prejuízo do usuário, que agora tem que pegar mais de um ônibus e enfrentar uma fila enorme no terminal, representa lucro para o empresário, que ganha mais a cada vez que a gente gira a catraca.

Quando o transporte é um negócio e não um serviço público, ninguém está nem aí para o sofrimento, a humilhação diária enfrentada por quem usa ônibus e metrô. Já é hora de acabar com isso e fazer um transporte público de verdade, feito para quem usa todo dia e não para o lucro dos de cima!

Em junho, a gente se uniu e mostrou que é o povo, quando quer, que manda no transporte e que se a gente não quiser, a tarifa não vai subir. Agora queremos mais! E não vamos ficar parados esperando os políticos fazerem alguma coisa. Nós vamos para a rua porque só a luta muda o transporte!

1382005_511281005632752_2078231257_n

A manifestação terá dois pontos de concentração:

CONCENTRAÇÃO NO LARGO DO PIRAPORINHA ÀS 4H30

CONCENTRAÇÃO NO FUNDÃO DA M’BOI ÀS 4H DA MANHÃ NO POSTO BR (esquina da Est. do M’Boi Mirim com a Av. Funcionários Públicos)

Confirme presença no facebook clicando aqui.

Documento-1-página001

3 Replies to “21/10 – Ato na M’Boi Mirim: contra o corte de linhas e pela duplicação da M’Boi!”

  1. a população tem que se manifestar mesmo nao aguentamos mais

  2. Sou consultor de transportes e trabalho na região há mais de quatro anos. Sinceramente, considero a reivindicação de vocês em relação a melhorias, inquestionável, tardia e muito oportuna. Acho inclusive que em vez de parar a avenida e impedir a circulação de pessoas, deveriam ir atrás dos vereadores da região que estão escondidos em seus gabinetes.
    Isso é um ponto. Agora, parem de falar besteira pedindo de volta as linhas que não funcionavam pois disputavam espaço entre si e com os carros. Chega de ficar três horas por dia parado na Boi Mirim? O que acham que vai acontecer se toda aquela quantidade de carros que foi tirada de lá voltar a circular?
    Leiam o comentário da Evelyn, reflitam, parem de ser massa de manobra dos futuros políticos da região que não estão nem um pouco interessados nos reais problemas.
    Podem publicar meu e-mail: eliltonramos@hotmail.com. Apoio a luta do MPL por um transporte de qualidade, sou consultor há mais de vinte anos e conheço bem o descaso das autoridades no setor, mas não posso compactuar com esse monte de bobagens que vocês andam pedindo por aí sem ter a real noção do que vai acontecer se conseguirem.
    Ano passado fui conhecer o sistema de transporte de passageiros de Nova York e Nova Jersey. Vocês acham que lá não tem problemas? A diferença fundamental é que nos países de primeiro mundo as políticas públicas são da cidade e do povo, e não de partidos e políticos que não fazem esse ou aquele projeto porque não é seu.

  3. Terminais não são feitos para gerar lucro e nem para atrapalhar, e sim para RACIONALIZAR o transporte: diminuição de frota e de tempo de viagem, aumento de velocidade e de desempenho, diminuição da emissão de poluentes, e por aí vai. Linhas troncais e linhas alimentadoras, o básico de Planejamento de Transporte.

    A ideia de racionalizar o sistema visa justamente a evitar avenidas travadas, em que 500 linhas de ônibus disputam espaço. A ideia é que, com terminais seccionadores, haja menos linhas sobrepostas e, portanto, menos congestionamento e menos poluição.

    Obra viária (duplicação) só servirá para atrair mais automóveis. Pensem direitinho nisso aí.