Nota nacional do MPL sobre a semana de luta do 26 de outubro

1377266_528808203877380_1197395404_n

SEMANA NACIONAL DE LUTA!

O ano de 2013 acabou com a suposta calmaria brasileira. Manifestações pipocaram por todo o país, demonstrando uma insatisfação generalizada com toda a estrutura política e social. Pautas como a precariedade do sistema único de saúde, da educação e os elevados custos de vida nas cidades foram enfatizadas. Em muitas cidades os protestos iniciaram a partir da insatisfação com as tarifas do transporte coletivo. Porto Alegre, Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro foram às ruas contra os aumentos de passagem e conseguiram derrubá-lo. A bandeira da Tarifa Zero passou a ser conhecida e comentada, foi implementada em algumas cidades e declarada “perfeitamente possível” por governos como o do Distrito Federal. As ruas continuam a ser tomadas pelas mais diversas demandas: são professores/as no Rio, indígenas de todo território mobilizados contra o avanço ruralista sobre seus direitos, ocupações dos movimentos sem teto nos grandes centros urbanos…

Os gritos de quem nunca dormiu continuam a ecoar, e a repressão e criminalização dos movimentos sociais se intensifica por toda parte. Essa escalada repressiva ficou ainda mais evidente com o uso da lei 12.850 assinada pela presidência da republica, para enquadrar manifestantes em SP e RJ como “organizações criminosas” neste mês de outubro.

Talvez para quem veja o mundo pelo noticiários, este cenário de lutas seja uma grande surpresa. De onde veio tanta gente? Quem são essas organizações? O que está acontecendo? Ao contrário do que propaga a mídia, nada disso começou em junho e não vai terminar por agora. É por construímos ao longo dessa quase década – o MPL, mas também tantos outros/as por aí – o que chamamos de organização popular, que a rebelião que presenciamos hoje é possível.

É para marcar a memória histórica desta luta constante que A semana nacional de luta pelo passe livre foi criada e tem como marco o dia 26 de outubro. Essa data é importante porque remonta às mobilizações e conquistas da Revolta da Catraca de 2004 em Florianópolis, uma das lutas que deu origem ao Movimento Passe Livre. É preciso manter viva a memória para sempre lembrar que nossa luta não começou agora – e que só vai terminar com o fim de todas as catracas.

Este ano várias cidades de todo país estão se movimentando para mostrar que derrubar os aumentos foi só o começo: queremos mesmo é acabar com a tarifa, desmercantilizar o nosso direito de ir e vir, fazer com que o transporte seja público de verdade e acabar com qualquer tipo de catraca. A luta por uma cidade de todas/os continua – confira a programação e participe dos atos na sua cidade!

Movimento Passe Livre – Brasil
21/10/2013
Programação dos MPLs para a semana de luta pelo passe livre, rumo à tarifa zero:

ABC (SP) – https://www.facebook.com/events/204394623072786
Distrito Federal (DF) – https://www.facebook.com/events/434202113358838/
Florianópolis (SC) – https://www.facebook.com/events/155203904689086/
Grande Vitoria (ES) – https://www.facebook.com/events/604359639605878/
Goiânia (GO) – https://www.facebook.com/events/216646631837312/
Guarulhos (SP) – [sem evento ainda]
Joinville (SC) – https://www.facebook.com/events/604916486214409/
Natal (RN) – https://www.facebook.com/events/122313261277145/
Rio de Janeiro e Niteroi (RJ) – https://www.facebook.com/events/1407273776170980/
Salvador (BA) – https://www.facebook.com/events/1424377441109096/
São José dos Campos (SP) – https://www.facebook.com/events/1408282776068199/
São Luis (MA) – https://www.facebook.com/events/527610933999324/
São Paulo (SP) – 21/10 –https://www.facebook.com/events/469899346457943/, 23/10 –https://www.facebook.com/events/469899346457943/, 24/10 –https://www.facebook.com/events/1405537259677901/, 25/10 – https://www.facebook.com/events/1397777973788282/

2 Replies to “Nota nacional do MPL sobre a semana de luta do 26 de outubro”

  1. Vamos todos lutar por um pais sem catracas, pedágios e tudo o que onera o bolso dos brasileiros , pois quanto mais imposto é arrecado mais é desviados para sustentar meia duzia de picaretas, só com força do povo unidos é que vamos acabar com este sistema falido que só promove a violência e a desigualdade social.

  2. Pelo amor de Deus quando irão pegar pesado com o Estado de São Paulo, com a roubalheira no metro? na CPTM? Quando? esse roubo deixou vc, eu e todos paulistas, paulistanos nessa draga de transportes.. não fazem parte da luta do MPL?

Deixe uma resposta