Não vai ter Expo 2020!

<!–
_fora-expo

Não vai ter Expo 2020!

A derrota de São Paulo na disputa para sediar a Expo Mundial, terceiro maior megaevento do mundo depois da Copa e das Olimpíadas, é recebida como uma boa notícia pelos movimentos sociais que vem resistindo aos megaeventos.

Em junho, ao mesmo tempo em que Alckmin e Haddad cantavam em Paris pela candidatura de São Paulo para a Expo 2020, aqui milhares de pessoas tomavam as principais vias da cidade para exigir a revogação do aumento da passagem e eram violentamente reprimidas pela PM. A conquista da redução das tarifas e os protestos massivos rechaçando os jogos da Copa das Confederações mostraram que quem manda na cidade são os trabalhadores e que não aceitaremos mais catracas nem megaeventos. A não realização da Expo é uma vitória colateral das revoltas populares que eclodiram em junho.

Mas não baixamos a guarda. Sabemos que, mesmo sem a Expo, os projetos do capital imobiliário no noroeste de São Paulo continuam, com a construção do Piritubão, despejos e higienização. E enquanto isso, outros megaeventos como a Copa do Mundo mostram seus impactos fúnebres, com a morte de mais dois operários em mais um acidente nas obras de um estádio, desta vez o de Itaquera.

Por uma vida sem catracas e sem megaeventos!

Movimento Passe Livre – São Paulo (MPL-SP)

27.11.2013

(foto: Ato Fora Expo 2020 na Paulista em Pirituba em 19/09. Leia mais sobre como foi o ato clicando aqui.)

One Reply to “Não vai ter Expo 2020!”

  1. Ser contra a Expo-2020 em SP é ser contra a cidade.

    E mais, acho que está na hora do MPL começar a reconhecer os avanços que a prefeitura tem feito pelo transporte público, como as faixas de ônibus e as obras de BRTs (começam no início de 2014). Ou então aguentem em 2016 a turma do PSDB, que sempre privilegiou o transporte individual.

    OBS: não sou do governo, não sou do PT, sou apenas um cidadão.