Pirituba: Exibição do filme “Primeiras Chamas” e debate

primeiras-chamas-noroeste

Quem é usuário do transporte coletivo em São Paulo sabe bem o que passa todos os dias: ônibus e trens que a cada dia estão mais lotados, que devido à “acidentes”, “manutenções”, “modernizações” tão rotineiros roubam nosso tempo com sua demora. Antigamente usávamos apenas um ônibus para trabalhar ou ir estudar, mas quanto mais a catraca gira, mais lucrativo é, então nossas linhas são divididas em duas ou três, aumentando o tempo de espera e de caminho, nos fazendo passar na catraca mais vezes e dando ainda mais dinheiro para o bolso do empresário.

Não foi para atender as nossas necessidades que, em junho de 2013, o governador Alckmin e o Prefeito Haddad aumentaram a tarifa em 20 centavos. Revoltados, nós, o povo, fomos às ruas para mandar no transporte de que dependemos todo dia, e conseguimos revogar o aumento. Vimos na prática que o preço da tarifa é uma decisão política e que podemos decidir sobre ela, inclusive se esse meio de exclusão vai continuar existindo.

Será que mudou alguma coisa desde junho passado? O que podemos fazer sobre o transporte? Para discutir essas questões e muitas outras, convidamos todas as pessoas para a estreia do filme “Primeiras Chamas”, com relatos de estudantes do bairro de Pirituba que puxaram a primeira manifestação contra o aumento em junho de 2013, com um debate depois.

Chega junto!

Quando? Sábado 05/04, às 14h

Onde? No Clube Escola Pirituba (Avenida Agenor Couto de Magalhães, 32)

Acesse o evento no facebook da página Noroeste em Luta pelo Transporte.

Deixe uma resposta