Lutar pela reintegração dos metroviários demitidos: ato na abertura da Copa

metroviarios-demitidos

LUTAR PELA REINTEGRAÇÃO DOS METROVIÁRIOS DEMITIDOS: ATO NA ABERTURA DA COPA!

O governador Alckmin demitiu 42 metroviários por lutarem por melhores condições de trabalho e pelo fim do sufoco nos transportes coletivos. Essas demissões tem uma mensagem clara, assim como tiveram as prisões em junho de 2013: disseminar o medo entre todos os que ousam se levantar contra seus desmandos.

Mas não vamos nos intimidar, pois aprendemos que só com a nossa luta podemos transformar nossas vida. Sabemos que só com a união dos trabalhadores do transportes e dos usuários que vamos ter um transporte realmente popular, que pense nas necessidades da população. Só quem sofre junto no sufoco todo dia é que realmente sabe que não dá mais pro lucro de poucos impor humilhação cotidiana a maioria!

Por isso, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo convoca manifestação contras as injustiças da Copa, especialmente contra a militarização da vida: lutar não é crime!

ATO PELA REINTEGRAÇÃO DOS METROVIÁRIOS
12/06, ÀS 10H
CONCENTRAÇÃO NA SEDE DO SINDICATO DOS METROVIÁRIOS
R. SERRA DO JAPI, 31

Deixe uma resposta