Mais uma vez, não vamos ao DEIC e denunciamos o inquérito ilegal

inquerito1

Mais uma vez, não vamos ao DEIC e denunciamos o inquérito ilegal

Na última sexta-feira, 20/06, a policía esteve novamente nas casas de militantes do Movimento Passe Livre (MPL), intimando-os pela quinta vez para depor no DEIC e ameaçando seus familiares.

É lamentável que o Estado se aproveite do que ocorreu após a manifestação pela Tarifa Zero do dia 19/06 para voltar a criminalizar diretamente o MPL, tentando retomar o inquérito ilegal n°1/2013. Ilegal porque não busca apurar algum crime específico, mas sim mapear e guardar informações a respeito dos manifestantes, enquadrando as pessoas em um grupo de suspeitos a priori.

Voltam a nos intimar agora, mas quando o movimento se apresentou voluntariamente para tratar sobre o inquérito diretamente com quem é responsável por ele, Fernado Grella, acorrentando-se em protesto na Secretaria de Segurança Pública no dia 30/05, não obteve qualquer resposta.

Entendemos que essa inquérito, além de ilegal, é uma tentativa de criminalização da luta social e uma continuação da sistemática violação de direitos das pessoas que já foram presas ilegalmente. Por isso exigimos seu trancamento imediato, por isso já impetramos um Habeas Corpus, e, mais uma vez, não iremos ao DEIC.

Movimento Passe Livre – São Paulo (MPL-SP)

23/06/2014

Leia mais:

Nota do MPL sobre o trancamento do inquérito ilegal: http://saopaulo.mpl.org.br/2014/06/09/pelo-trancamento-do-inquerito-ilegal-no-12013-do-deic/

Nota do MPL-SP sobre o ato dia 19: http://saopaulo.mpl.org.br/2014/06/21/nota-sobre-o-ato-nao-vai-ter-tarifa-do-dia-19-06/

One Reply to “Mais uma vez, não vamos ao DEIC e denunciamos o inquérito ilegal”

  1. Pingback: bulário político para processos estéticos voca /

Deixe uma resposta