Repressão e revolta na Avenida São João

SOBRE A REPRESSÃO E A REVOLTA NA AVENIDA SÃO JOÃO

Na última terça-feira, dia 16 de setembro, o centro da cidade de São Paulo tornou-se mais uma vez palco da violência da Polícia Militar. Durante a reintegração de posse de uma ocupação dos movimentos FLM, MSTC e MSTRU na Avenida São João, a polícia reprimiu moradores, manifestantes e mesmo aqueles que simplesmente passavam pela rua, dentre eles crianças, idosos e mulheres grávidas. Ao longo do dia, a PM realizou diversas prisões ilegais para “averiguação”, detendo participantes da ocupação e pessoas que não estavam envolvidas, e, não por acaso, moradores de rua.

O prédio do antigo Hotel Aquarius, ocupado desde fevereiro, estava há 10 anos abandonado. A Justiça autorizou a reintegração de posse a pedido do proprietário e negou, assim, o direito à moradia aos legítimos moradores do imóvel. Como esse prédio, há diversos outros abandonados no centro da cidade, que poderiam servir de teto às milhares de pessoas que trabalham na região e gastam horas para voltar para casa. Sem contar aqueles que, sem dinheiro para o transporte, acabam dormindo na rua. Para os que mandam na cidade, pobre no centro só interessa na hora de trabalhar. Tratando-se de moradia ou de transporte, a única coisa que o Estado tem a oferecer é a segregação e a violência.

Como ficou claro na terça-feira, diante da repressão, o povo não sofrerá calado. Se é a polícia do Governo do Estado que agiu dessa vez para expulsar os pobres, o prefeito mostra-se conivente e legitima a criminalização ao culpar “oportunistas” pelo conflito. Não podemos esquecer a responsabilidade da Prefeitura, por exemplo, no caso da falta de regularização e de serviços básicos na Favela do Moinho, cujas reivindicações ela tem sistematicamente negligenciado. Em época de eleições, mais do que nunca, temos a convicção de que a transformação virá de baixo: das ruas, e não das urnas. Quem não luta tá morto!

Por uma vida sem catracas!

Movimento Passe Livre – SP

18.09.2014

sjoao

2 Replies to “Repressão e revolta na Avenida São João”

  1. Fala pessoal do blog, vou deixar o contato de uma vidraçaria em Brasília que fabrica lindos espelhos decorativos, o site deles é: http://www.vidrosedecoracoes.com.br/ tem papel de parede, painel fotográfico, box para banheiro Elegance, muita coisa diferente vocês vão adorar!

  2. Pingback: [MPL -SP] Repressão e revolta na Avenida São João | tarifazerocuritiba

Deixe uma resposta