6º Grande Ato entrega Troféu Catraca para Haddad em casa e fecha a av. 23 de Maio

Foto_6atoD

Na última quinta-feira, 29/01, milhares de pessoas se reuniram no vão livre do MASP para o 6º Grande Ato Contra a Tarifa dos ônibus, trens e metrôs, que subiu para R$3,50 no início do mês de janeiro após decreto do prefeito Haddad e do governador Geraldo Alckmin. A manifestação aconteceu simultaneamente a outros atos em todo país, num dia nacional de luta contra a tarifa, que coincidiu com o aniversário dos 10 anos de fundação do Movimento Passe Livre – cujo surgimento nacional foi formalizado em 2005 no Fórum Social Mundial de Porto Alegre.

Durante a concentração no Masp, ocorreu uma assembleia na qual os manifestantes definiram coletivamente o trajeto do ato. Por votação, ficou decidido que a marcha seguiria a av. Paulista em direção ao Paraíso, tomaria a av. 23 de Maio e se encerraria próxima ao Pq. do Ibirapuera, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. No caminho, o ato passaria em frente à casa do prefeito Fernando Haddad, na Vila Mariana, para lhe prestar uma homenagem devido aos serviços prestados ao lucro dos empresários de transporte da cidade e ao aumento do sofrimento diário do trabalhador.

Foto_6atoB

Por aumentar o tarifa e construir uma licitação para novos contratos com as empresas privadas ainda pior do que os anteriores, o Troféu Catraca de Ouro vai para… FERNANDO HADDAD!

Foto_6atoC

Ainda durante a assembleia, chegou ao ato um grupo de professores da rede estadual vindo de uma manifestação da categoria contra as demissões realizada logo antes. Uma professora tomou o microfone durante para fazer uma fala, estabelecendo laços de solidariedade entre as lutas da classe trabalhadora.

Foto_6atoAA marcha seguiu seu rumo tomando a av. Paulista, sentido Oswaldo Cruz. Chegando em frente ao prédio do prefeito, os manifestantes o encontraram cercado por duas fileiras de policiais do Batalhão do Choque, o que impediu que tocassem a campainha para avisar Haddad da homenagem. Apesar disso, foi feito um jogral, e o troféu foi erguido. O ato seguiu fechando a av. 23 de Maio, até chegar ao Pq. do Ibirapuera, onde passou em frente à ALESP – também cercada pelo Choque – e se encerrou no Monumento às Bandeiras, que foi tomado pelos manifestantes.

Foto_6atoE Foto_6atoF Foto_6atoG Foto_6atoH Foto_6atoi Foto_6atoJ Foto_6atoK

A luta continua! A próxima terça-feira, dia 03/02, é dia de lutar por transporte no seu bairro! Três atos descentralizados acontecem em Pirituba, São Miguel e Campo Limpo (veja mais aqui).

R$3,50 NÃO!

2 Replies to “6º Grande Ato entrega Troféu Catraca para Haddad em casa e fecha a av. 23 de Maio”

  1. Governo do Estado Geraldo Alckimin corta 300 salas de aula do ABCD.
    Também não cumpre com o passe livre para Trens, Metrô e ônibus intermunicipal.
    CADÊ A MANIFESTAÇÂO DO MOVIMENTO PASSE LIVRE EM FRENTE AO PALÁCIO DOS BANDAEIRANTES????
    Somente os prefeitos do municípios do ABCD e de São Paulo o Hadadd é que estão cumprindo com o atendimento ao Passe Livre aos estudandes.
    http://issuu.com/jornalabcdmaior/docs/844/1

    Edição 844 do ABCD MAIOR (03/02/2015)
    ABCD Maior
    ISSUU.COM

  2. Parabéns ao Movimento!

    Uma importante observação: de acordo com algumas pesquisas realizadas, é sabido que o Metrô é considerado o modal de transporte mais importante para o paulistano. Sendo assim, creio que o Movimento Passe Livre deveria assumir uma postura mais ‘contundente’ em relação ao Metrô e ao transporte metropolitano vinculado à EMTU.

    Assim, a atuação do MPL torna-se mais ‘transparente’. Digo isso, pelo fato de que diversos conhecidos do próprio MPL e de alguns outros movimentos sociais estão considerando sua atuação muito ‘enviesada’, tanto pelo foco no prefeito de SP, minimizando as responsabilidades do governador, quanto pelo fato de que em gestões anteriores não havia tamanha intensidade de organização (apesar do histórico constante de aumentos abusivos).

    No mais, parabéns mais uma vez!