Zona Sul na luta! Atos contra a tarifa acontecem no Grajaú, Campo Limpo e M’Boi

Ao longo da última semana, além das duas grandes marchas no centro, nas quais milhares de pessoas ocuparam a Marginal Pinheiros na terça-feira e a av. 23 de Maio na quinta, outros protestos ocorreram na última semana em diferentes regiões da zona sul de São Paulo: na quarta-feira, no Campo Limpo; na quinta-feira de manhã, no Grajaú; no sábado no fundão da M’Boi Mirim. Só com organização e luta em cada bairro derrubaremos os R$3,50!

1º ATO CONTRA O AUMENTO DO CAMPO LIMPO
Na nossa última manifestação a gente deu uma volta na Estrada do Campo Limpo e ocupamos o terminal também, divulgando a nossa mobilização para o pessoal nos pontos de ônibus e no comércio!

ltcp

Se você quiser se somar com a gente, vem pra reunião aberta na Praça do Campo Limpo, sábado, às 14h!

~ PELA REVOGAÇÃO DO AUMENTO DAS PASSAGENS DE ÔNIBUS, METRÔ, TRENS E DOS INTERMUNICIPAIS
~ CONTRA A DEMISSÃO DOS COBRADORES E A DUPLA FUNÇÃO DOS MOTORISTAS
~ PELA READMISSÃO DOS METROVIÁRIOS DEMITIDOS
~ RUMO À TARIFA ZERO!!!

::VAMOS BARRAR O AUMENTO DE NOVO!!

reunião aberta: sábado, 14h, na Pça do Campo Limpo
2o protesto: 3a-feira, a partir das 17h, na Pça do Campo Limpo

Passe Livre São Paulo – Campo Limpo

 

1ª CAMINHADA CONTRA O AUMENTO NO EXTREMO SUL

Rolou a 1ª caminhada contra a tarifa no Grajaú hoje de manhã. A manifestação passou pela Av. Belmira Marin, Teotônio Vilela, Passa Rápido da Rio Bonito até a subprefeitura da Capela do Socorro.

ltes------1

Nas últimas semanas, enquanto milhares de pessoas se somavam aos grandes atos contra a tarifa convocados pelo Movimento Passe Livre (MPL), moradores de diferentes regiões de São Paulo começaram a se organizar para lutar contra os R$3,50 em seus bairros. Foi o caso do Extremo Sul, onde após reuniões abertas, convocamos o protesto de hoje, chamado “1ª Caminhada Contra o Aumento do Extremo Sul”.

ltes------2  ltes------4

Enquanto os donos das empresas de ônibus enchem os bolsos de dinheiro, somos humilhados diariamente nos ônibus e trens lotados, que estão sempre quebrando ou dando pane. O aumento prejudica todos os trabalhadores da cidade, mas é ainda pior pra quem mora na periferia. Não bastasse isso, a prefeitura agora quer demitir os cobradores de todos os ônibus da cidade – igual já acontece nas peruas daqui da região há muito tempo – piorando ainda mais o serviço.

ltes------3

Só com organização e luta em cada bairro a população conseguirá derrubar a tarifa de R$3,50! Periferia luta contra as catracas!

PERIFERIA LUTA CONTRA AS CATRACAS!
Luta do Transporte no Extremo Sul

 

CAMINHADA NA M’BOI MIRIM CONVIDA PARA REUNIÃO ABERTA CONTRA O AUMENTO NESSE DOMINGO
(publicado originalmente em: http://passapalavra.info/2015/01/102291)

No final da tarde de sábado teve início mais um ato contra o aumento da tarifa do transporte público em São Paulo.
Essa luta não passou pelos grandes prédios da Paulista, nem percorreu lugares históricos do centro da cidade.

ltmbm1

O cenário foi substituído por vielas, escadarias, morros da zona sul da cidade. Passou por lugares que não possuem asfalto, aonde não chega água da Sabesp, em que sequer passam linhas de ônibus. Nem a ostensiva – e constante – presença militar se fez presente.

Também não houve milhares ou centenas de manifestantes. Animados pela bateria da Fanfarra, menos de 50 pessoas foram distribuindo panfletos de mão em mão, conversando sobre os problemas do transporte na região e sobre o absurdo aumento.

Desse modo, a curiosidade inicial dos moradores foi dando passo para falas de indignação, nas quais “R$ 3,50 é um roubo” foi exclamada diversas vezes. O apoio da comunidade foi uma constante, em cada esquina, em cada morro, em cada comércio e residência que esteve no trajeto. Percebia-se o sentido político da ação dos manifestantes, e como essa ação fazia sentido para os moradores.

 ltmbm2

A população do M’Boi Mirim foi convidada para uma reunião aberta da luta do transporte neste domingo, 01/02, às 15h no CEU Vila do Sol.
ltmbm3

O ato se encerrou num clima contagiante de alegria na Ocupação Terra Prometida.

E com a convicção de que a periferia também está se organizando, de leste a oeste, de norte a sul.

Página: Luta do Transporte na MBoi Mirim