Passe Livre SP Mulheres: 1) As catracas invisíveis que nos dividem

Entendemos que para manter o lucro e o poder de quem é de cima é essencial que catracas – visíveis e invisíveis – dividam quem é de baixo. Entendemos também que para superar essas divisões, estruturais e profundas, precisamos antes de mais nada reconhecer sua existência. O machismo, por exemplo, é uma dessas catracas invisíveis que impedem a nossa união. Basta vermos que, em todas as esferas da vida, as mulheres são constrangidas a cumprir trabalhos e funções que não são remuneradas e, ao mesmo tempo, são desvalorizadas como, por exemplo, o trabalho doméstico e o materno. Para isso, são cotidianamente silenciadas e violentadas de diferentes maneiras. Infelizmente, isso não é diferente no transporte “público” e também não é diferente nos espaços de luta, como os movimentos sociais. Para enfrentar essa realidade, acreditamos que a luta contra o machismo caminha conjuntamente, e não de forma secundária, com a luta por um transporte verdadeiramente público. Também acreditamos que a horizontalidade é a melhor maneira de nos organizarmos nessa luta anticapitalista. Para isso, os espaços auto-organizados das mulheres são momentos importantes para a construção da horizontalidade e solidariedade dentro e fora dos movimentos, já que vivemos em uma sociedade extremamente desigual e Continue lendo Passe Livre SP Mulheres: 1) As catracas invisíveis que nos dividem