A ‘MEDIAÇÃO’ DA POLÍCIA DAS CATRACAS

Governantes e empresários do transporte mais uma vez convocaram massivamente as forças policiais para tentar controlar o ato contra o aumento. Guarda Civil Metropolitana (padrão, IOPE e Guarda Ambiental) e Polícia Militar (padrão, CAEP, Força Tática, Batalhão de Choque com blindados israelenses, helicópteros, infiltrados e Cavalaria). Isso tudo, além da “novidade” dos policiais de coletes azuis, os ‘mediadores’. A única “mediação” que todas tropas propuseram foi o atraso e o bloqueio constante do ato, para tentar impedir que ocupássemos as ruas da cidade que nós construímos todo dia. A maior preocupação do Estado, a todo momento, foi evitar que a revolta dos de baixo à repressão – que se vê menos sem as bombas e tiros de balas menos letais – chegasse à luxuosa Avenida Paulista, monumento dos poderosos! Tentaram fazer com que o ato não saísse da concentração, tentaram fazer com que o ato terminasse na Praça Roosevelt. Não arredamos! Isso só mostra que os tais mediadores não se importaram, em nenhum momento, com o que chamam de democracia. Ao longo de todo o trajeto, tensionaram o ato travando a caminhada várias vezes. Tentaram proibir máscaras – ao mesmo tempo que usavam balaclavas sem identificação. Tentaram proibir hastes de Continue lendo A ‘MEDIAÇÃO’ DA POLÍCIA DAS CATRACAS

2º GRANDE ATO CONTRA O AUMENTO: 4,30 NÃO!

4,30 NÃO! CHEGA DE AUMENTO! No Primeiro Ato Contra o Aumento, mostramos que estamos fortes e que a luta tá só começando! Nenhum aumento de tarifa é justo! Não vamos aceitar pagar cada vez mais pra circular na cidade que nós fazemos funcionar! A LUTA TÁ SÓ COMEÇANDO! COLA TODO MUNDO NO SEGUNDO GRANTE ATO! >Quando? 16 de janeiro 2019, quarta-feira, a partir das 17h! >Onde? na Praça do Ciclista, av. paulista com rua da consolação nas proximidades das estações paulista e consolação do metrô #4e30Não #4e30NemFudendo #ChegaDeAumento #TarifaZeroJá #PorUmaVidaSemCatracas #DesafioDoriaCovasPeguemBusao

1º GRANDE ATO CONTRA O AUMENTO! 4,30 NÃO!

: 4,30 NÃO! CHEGA DE AUMENTO! A Prefeitura de SP e o Governo do Estado acabaram de anunciar mais um aumento da tarifa dos ônibus: de 4,00 pra 4,30!!! Já não bastasse a tarifa ser injusta, como esse aumento é o dobro da inflação!!! Além disso, dessa vez foram também cortados os subsídios pro vale-transporte, intensificando a precarização da vida e do trabalho. REVOLTANTE! NÃO VAMOS ACEITAR!COLA TODO MUNDO NO ATO! >Quando?10 de janeiro 2019, quinta-feira, a partir das 17h! >Onde?Teatro Municipal (metrô Anhangabaú/República) #4e30Não!#4e30NemFudendo! ———–::: PAGUE MAIS, LEVE MENOS? Pros próximos 20 anos, o governo e as empresas de transporte querem: – cortar centenas de linhas– reduzir a frota de ônibus – manter a tarifa e seus aumentos – aumentar seus lucros gigantescos– forçar mais baldeações– privatizar terminais e estações.– demitir milhares de trabalhadores– aumentar a militarização das catracas———–::: ENQUANTO HOUVER TARIFA HAVERÁ AUMENTO! Quem paga a conta da crise somos nós que, além de arcar com o desemprego e o aumento do custo de vida, somos impedidos de circular pela cidade! Então, sem essa de acreditar nos políticos e patrões… SÓ A LUTA MUDA A VIDA! Ficar parado? Desacreditar da mobilização? Só fica pior… Pra garantir nossos direitos, Continue lendo 1º GRANDE ATO CONTRA O AUMENTO! 4,30 NÃO!

Zine + Infográfico da Licitação Das Catracas!

O lançamento do zine vai ser nesse sábado, 16.06, 16h, Casa do Povo, R. Três Rios, 252, Bom Retiro. Confira o zine e o infográfico! Nas manifestações de junho de 2013, a revolta popular não apenas barrou o aumento de 20 centavos na tarifa, como cancelou a Licitação dos Ônibus (!) na cidade de São Paulo. De lá para cá, o Estado não tem conseguido aprovar um novo contrato que beneficie explicitamente os empresários. Entretanto, a Prefeitura relançou o edital da Licitação das Catracas, agora na versão 2018 que, assim como outras medidas dos poderosos, joga a crise dos de cima nas nossas dos(as) de baixo: – Manutenção da tarifa e dos aumentos; – Redução de 1000 veículos; – Demissões de 4.000 trabalhadores(as); – Extinção de 212 linhas de ônibus; – Encurtamento de 243 linhas de ônibus; – Restrição de 50 linhas de ônibus ao horário de pico; – e por aí vai… Pata tentar se safar, os políticos propagandearam que, nesse novo contrato, as empresas deixariam de receber por catraca rodada e passariam a receber conforme o custo e qualidade do serviço… Nada disso! Quer saber mais? Venha conversar e debater com a gente sobre o atual momento da Continue lendo Zine + Infográfico da Licitação Das Catracas!