Passe Livre SP Mulheres: 1) As catracas invisíveis que nos dividem

Entendemos que para manter o lucro e o poder de quem é de cima é essencial que catracas – visíveis e invisíveis – dividam quem é de baixo. Entendemos também que para superar essas divisões, estruturais e profundas, precisamos antes de mais nada reconhecer sua existência. O machismo, por exemplo, é uma dessas catracas invisíveis que impedem a nossa união. Basta vermos que, em todas as esferas da vida, as mulheres são constrangidas a cumprir trabalhos e funções que não são remuneradas e, ao mesmo tempo, são desvalorizadas como, por exemplo, o trabalho doméstico e o materno. Para isso, são cotidianamente silenciadas e violentadas de diferentes maneiras. Infelizmente, isso não é diferente no transporte “público” e também não é diferente nos espaços de luta, como os movimentos sociais. Para enfrentar essa realidade, acreditamos que a luta contra o machismo caminha conjuntamente, e não de forma secundária, com a luta por um transporte verdadeiramente público. Também acreditamos que a horizontalidade é a melhor maneira de nos organizarmos nessa luta anticapitalista. Para isso, os espaços auto-organizados das mulheres são momentos importantes para a construção da horizontalidade e solidariedade dentro e fora dos movimentos, já que vivemos em uma sociedade extremamente desigual e Continue lendo Passe Livre SP Mulheres: 1) As catracas invisíveis que nos dividem

Zine + Infográfico da Licitação Das Catracas!

O lançamento do zine vai ser nesse sábado, 16.06, 16h, Casa do Povo, R. Três Rios, 252, Bom Retiro. Confira o zine e o infográfico! Nas manifestações de junho de 2013, a revolta popular não apenas barrou o aumento de 20 centavos na tarifa, como cancelou a Licitação dos Ônibus (!) na cidade de São Paulo. De lá para cá, o Estado não tem conseguido aprovar um novo contrato que beneficie explicitamente os empresários. Entretanto, a Prefeitura relançou o edital da Licitação das Catracas, agora na versão 2018 que, assim como outras medidas dos poderosos, joga a crise dos de cima nas nossas dos(as) de baixo: – Manutenção da tarifa e dos aumentos; – Redução de 1000 veículos; – Demissões de 4.000 trabalhadores(as); – Extinção de 212 linhas de ônibus; – Encurtamento de 243 linhas de ônibus; – Restrição de 50 linhas de ônibus ao horário de pico; – e por aí vai… Pata tentar se safar, os políticos propagandearam que, nesse novo contrato, as empresas deixariam de receber por catraca rodada e passariam a receber conforme o custo e qualidade do serviço… Nada disso! Quer saber mais? Venha conversar e debater com a gente sobre o atual momento da Continue lendo Zine + Infográfico da Licitação Das Catracas!

OS CORTES NO BUSÃO – planilha final da licitação das catracas

Destaque

DEPOIS DA CONSULTA PÚBLICA, AINDA VÃO CORTAR MEU BUSÃO? [[alerta de spoiler: muito provavelmente SIM!]] Para os próximos 20 anos (!), a Prefeitura e os empresários querem: _ manter a Tarifa e os aumentos de tarifa, _ extinguir 212 linhas, _ encurtar 243 linhas, _ fazer 50 linhas funcionar apenas nos horários de pico, _ isso sem falar de outras que poderão ter seus percursos alterados! _ reduzir a frota de ônibus! _ aumentar as baldeações! Apesar da SPTrans dizer que “queria ouvir a todos”, do edital preliminar para o final foram mudadas apenas 10 linhas das mais de 1300. Pior ainda, se manteve a proposta de deixar a periferia mais longe ainda do centro! Consulta pública? Conversa fiada! Só querem saber mesmo é da opinião dos empresários. Falam de um período de transição, mas na vida real, muitas pessoas já tem visto seu busão sumir ou ter maior tempo de espera. Tamo ligeir@! Bora se organizar nas quebradas contras esses cortes propostos na licitação prevista para os próximos 20 anos! Para fortalecer a luta de geral contra esses cortes, aqui está a nossa análise dos dados oficiais sob o ponto de vista de quem realmente usa o transporte! #LicitaçãoDasCatracas Continue lendo OS CORTES NO BUSÃO – planilha final da licitação das catracas

A LICITAÇÃO DAS CATRACAS – comparação das linhas propostas

Tá no celular? Confira aqui o corte dos busão que a Prefeitura não quer que vc saiba! A nova licitação dos ônibus municipais de São Paulo vai decidir como serão todas linhas de ônibus para os próximos 15 anos. Uma ideia central dessa licitação é obrigar a gente a pegar cada vez mais baldeações. Não é coincidência quase 40% das linhas cortadas ou extintas, cada vez menos acesso ao centro e nenhuma alternativa entre os bairros! Já que não adianta esperar nada de Secretaria nenhuma, num primeiro esforço para entender essa proposta da licitação fizemos essa tabela. Diferente do caos e obscuridade da Prefeitura, qualquer pessoa pode consultar se o busão de todo dia vai ser cortado ou extinto! Basta procurar nome da sua linha ou o número para saber como essa mudança poderá afetar seu cotidiano! Toda atenção: o número e nome pode não ter mudado, mas a SPTrans pode ter deixado o trajeto da sua linha irreconhecível – ainda não conseguimos analisar tudo, se quiser ajudar entre em contato. Se não conseguir visualizar, baixe aqui a tabela em pdf. Se os cortes e eliminações de linhas também afetarão a sua vida, não deixe passar batido: converse com quem Continue lendo A LICITAÇÃO DAS CATRACAS – comparação das linhas propostas

NOTA PÚBLICA DO MOVIMENTO PASSE LIVRE SP

Posicionamento do MPL-SP nas discussões de gênero e na luta contra o machismo Diante de inúmeras denúncias de agressões machistas em movimentos sociais e das diferentes repercussões e posicionamentos adotados nos debates de gênero, o Movimento Passe Livre São Paulo vem mais uma vez reafirmar seus Princípios e posicionamentos, derivados do acúmulo de discussões de seus espaços mistos e auto-organizados. Como explicitado em uma de nossas cartas sobre o tema (que você pode ler aqui), entendemos que a discussão de gênero é um processo dinâmico e constante na busca pela horizontalidade no cotidiano de nossa luta: a auto-crítica e a revisão de nossas posições é parte fundamental para o avanço desse processo. Porém, acreditamos que o avanço das discussões e seu caráter dinâmico não deva ser instrumentalizado para retroceder em consensos mínimos sobre o que é ser um movimento horizontal que se posiciona contra todas as formas de opressão, inclusive o machismo (princípios fundamentais do movimento desde sua fundação, como você pode ler aqui. Um elemento fundamental nas nossas discussões é a compreensão de que os movimentos sociais e demais organizações políticas de esquerda não estão automaticamente ou magicamente imunes às inúmeras formas de opressão presentes em nossa sociedade: a Continue lendo NOTA PÚBLICA DO MOVIMENTO PASSE LIVRE SP