Solidariedade à mobilização dos motoristas e cobradores da Oak Tree

Depois de mais de um mês sem receber salário, os trabalhadores da empresa Oak Tree (parte do Consórcio Sudoeste) paralisaram suas operações no sábado (31/08). Na manhã de quarta-feira (04/08), motoristas e cobradores se concentraram em um ato em frente à garagem a partir da madrugada. A convite de trabalhadores que organizavam a ação por fora do sindicato, o MPL-SP se somou à luta, apoiando-a no que foi possível. A Oak Tree estava sem pagar salários e direitos trabalhistas dos trabalhadores: férias atrasadas, FGTS não pago por 2 anos, PLR (Participação nos Lucros e Resultados) não paga, horas extras (a “fominha”) esquecidas, etc. No final do dia, recebemos a notícia da conquista, na Justiça, da garantia que os salários e todos os outros direitos atrasados seriam pagos aos trabalhadores. A Oak Tree foi descredenciada e os trabalhadores serão realocados em outras empresas do Consórcio Sudoeste. A mobilização dos motoristas e cobradores escancara como a luta por um transporte verdadeiramente público vai muito além do preço da tarifa. É todo um sistema, que transforma o transporte em mercadoria, que deve ser questionado. O transporte deveria ser organizado de acordo com os interesses da população, e não pelo lucro dos empresários. É o lucro que Continue lendo Solidariedade à mobilização dos motoristas e cobradores da Oak Tree