A periferia de São Paulo vai continuar parando!

Se antes diziam que baixar a passagem era impossível, a luta do povo provou que não é. Já derrubamos os 20 centavos. Podemos conquistar muito mais. O transporte só vai ser público de verdade quando não tivermos que pagar nenhuma tarifa para usá-lo. Seguimos na luta pela retomada da cidade e de nossas vidas. Nessa terça, 25/6, o Movimento Passe Livre – São Paulo se soma a mobilização dos parceiros do Periferia Ativa “Comunidade em Luta” e do Mtst Trabalhadores Sem Teto. Defendemos: – Não à violência policial. Desmilitarização da Polícia! – Saúde e Educação “Padrão FIFA”. Nada de dinheiro para a Copa! – Controle sobre o valor dos aluguéis. Contra as remoções! – Tarifa Zero para o transporte público! – Pela Redução do Custo de Vida! A LUTA NÃO PARA! POR UMA VIDA SEM CATRACAS! > Confirme presença e divulgue: https://www.facebook.com/events/377628569026304/ Concentração ponto 1: Metrô Capão Redondo / ponto 2: Largo do Campo Limpo

Terceiro grande ato contra o aumento da passagem!

Evento no facebook (confirme presença: https://www.facebook.com/events/591775110856969) Já paramos a 23 de maio, a 9 de julho, av. Paulista, Rebouças, Faria Lima e Marginal pinheiros. Hoje foi o terceiro congestionamento do ano e terça-feira vai ser maior! Não pararemos até a revogação do aumento! Concentração as 17h00 na Praça do Ciclista (Avenida Paulista, 2443) Avenida Paulista, 2443 Todo aumento é uma injustiça! Cada vez que a tarifa sobe, aumenta também o número de pessoas excluídas do sistema de transporte – em 2010, já eram 37 milhões de brasileiros que deixavam de usar o ônibus todo dia por não ter dinheiro. E não ter acesso ao transporte significa não ter acesso à cidade: dependemos da condução para ir e voltar do trabalho, escolas, hospitais, visitar amigos, etc. Cobrar pelo uso do transporte – que deveria ser público – e ainda aumentar esse preço é uma escolha política pela exclusão, que só beneficia os cofres dos empresários de ônibus. Quando se trata de mobilidade urbana, o poder público continua investindo a maior parte em grandes obras viárias que só beneficiam o carro e não resolvem o problema do trânsito. Enquanto isso, a passagem continua subindo, atendendo às exigências dos empresas que exploram esse serviço. Continue lendo Terceiro grande ato contra o aumento da passagem!