Nota pública sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa

Nota nº6: Nota pública sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa Lançamos nova nota para esclarecer o andamento das prisões ocorridas nos atos de 11/06 e 13/06. Seguindo o trabalho para liberação dos presos do dia 11, no dia 12/06 os advogados conseguiram arbitrar a fiança para os 6 presos que estavam sob acompanhamento jurídico do movimento, que foi fixada no valor de R$1356 para cada. Apesar disso, não havia tempo útil para realizar os pagamentos e os outros processos burocráticos para liberação dos detidos no próprio dia 12, portanto esses procedimentos foram realizados no dia 14 na parte da manhã. A liberação de Clodoaldo, Idelfonsio, William, Júlio, Stephanie e Rodrigo foi realizado entre a tarde e a noite da sexta-feira. Os outros presos, Pedro, Rafael, Raphael, André e Bruno, foram liberados no mesmo dia, mas foram representados por advogados particulares. No ato de 13/06 a manifestação contra o aumento da tarifa sofreu nova repressão, e tivemos um número de detidos superior a 200 pessoas. A maioria das pessoas foi detida para averiguação, inclusive antes do inicio do ato. Diante dessa arbitrariedade, amplamente denunciada, o movimento está estudando medidas legais possíveis para que o Governo Continue lendo Nota pública sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa

Sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa de 11/06

Nota nº4: Sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa de 11/06 No ato contra o aumento da passagem realizado no dia 11/06, a polícia empreendeu inúmeras detenções de manifestantes. O MPL vem a público informar sobre os fatos que estamos acompanhando, especialmente dos manifestantes que seguem presos. Após as detenções durante o ato, os manifestantes foram encaminhados para duas delegacias: a 1ºDP e a 78ºDP. Na 1ºDP um advogado apoiador do movimento conseguiu a liberação de alguns detidos, mas tivemos 2 pessoas que tiveram que assinar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TOC) para serem liberadas, e mais 2 detidos, Daniel e Ederson, que foram autuados por lesão corporal, desacato e dano ao patrimônio, e para a liberação o delegado definiu uma fiança de 3 mil reais para cada. O delegado, no entanto, não aguardou o pagamento das fianças e transferiu o Daniel e o Ederson para o Centro de Detenção Provisória (CDP) do Belém. As duas fianças foram pagas, com recursos do MPL, do Grupo Tortura Nunca Mais e de empréstimos de apoiadores, no dia 12 no final da tarde, e foi emitido alvará de soltura. Por isso hoje, 13/06, o Daniel e o Ederson deveriam ser Continue lendo Sobre a situação dos detidos nos atos contra o aumento da tarifa de 11/06

Nota sobre os presos no ato do dia 06/06

Nota nº2: Sobre os presos no ato do dia 06/06 Dos seis presos, quatro foram liberados e os últimos dois deverão sair somente nesta segunda(10/06), por diversos problemas apresentados desde a Delegacia. No ato contra o aumento da passagem realizado no dia 06/06, houve divulgação de que 15 pessoas foram detidas, dessas, 6 manifestantes foram presos e mantidos na 78ª Delegacia de Polícia. Quatro deles se encontram em liberdade desde sexta-feira pela manhã, mediante o pagamento de fiança, duas no valor de um salário mínimo e duas no valor de 3 mil reais. Parte deste valor foi pago pelas famílias e, em parte, por fundos do Movimento Passe Livre. Outros dois continuam detidos apesar do MPL e da Conlutas terem levantado o dinheiro necessário para a fiança. Isso se deve a um conjunto de fatos. Primeiramente, ao chegarmos na 78ª DP para pagar as fianças, os mesmos já haviam sido transferidos, para a 2ªDP. Desta forma, tivemos que nos dirigir ao Fórum da Barra Funda, porém não pudemos pagar a fiança pois a documentação da delegacia ainda não havia chegado ao Fórum. Às 18 horas de sexta-feira os papéis finalmente chegaram, mas não havia mais tempo para que as fianças Continue lendo Nota sobre os presos no ato do dia 06/06