A periferia de São Paulo vai continuar parando!

Se antes diziam que baixar a passagem era impossível, a luta do povo provou que não é. Já derrubamos os 20 centavos. Podemos conquistar muito mais. O transporte só vai ser público de verdade quando não tivermos que pagar nenhuma tarifa para usá-lo. Seguimos na luta pela retomada da cidade e de nossas vidas. Nessa terça, 25/6, o Movimento Passe Livre – São Paulo se soma a mobilização dos parceiros do Periferia Ativa “Comunidade em Luta” e do Mtst Trabalhadores Sem Teto. Defendemos: – Não à violência policial. Desmilitarização da Polícia! – Saúde e Educação “Padrão FIFA”. Nada de dinheiro para a Copa! – Controle sobre o valor dos aluguéis. Contra as remoções! – Tarifa Zero para o transporte público! – Pela Redução do Custo de Vida! A LUTA NÃO PARA! POR UMA VIDA SEM CATRACAS! > Confirme presença e divulgue: https://www.facebook.com/events/377628569026304/ Concentração ponto 1: Metrô Capão Redondo / ponto 2: Largo do Campo Limpo

Sobre o ato de 20/06

Nota no. 11: sobre o ato dessa 5a feira O Movimento Passe Livre (MPL) foi às ruas contra o aumento da tarifa. A manifestação de hoje faz parte dessa luta: além da comemoração da vitória popular da revogação, reafirmamos que lutar não é crime e demonstramos apoio às mobilizações de outras cidades. Contudo, no ato de hoje presenciamos episódios isolados e lamentáveis de violência contra a participação de diversos grupos. O MPL luta por um transporte verdadeiramente público, que sirva às necessidades da população e não ao lucro dos empresários. Assim, nos colocamos ao lado de todos que lutam por um mundo para os debaixo e não para o lucro dos poucos que estão em cima. Essa é uma defesa histórica das organizações de esquerda, e é dessa história que o MPL faz parte e é fruto. O MPL é um movimento social apartidário, mas não antipartidário. Repudiamos os atos de violência direcionados a essas organizações durante a manifestação de hoje, da mesma maneira que repudiamos a violência policial. Desde os primeiros protestos, essas organizações tomaram parte na mobilização. Oportunismo é tentar excluí-las da luta que construímos juntos. Toda força para quem luta por uma vida sem catracas. Movimento Passe Continue lendo Sobre o ato de 20/06

Nota pública sobre os atos do dia 17/06

Nota nº8: Nota pública sobre os atos do dia 17/06 Mais um dia se passou e o aumento não foi revogado. Mais de 100 mil pessoas foram para as ruas e mesmo assim a Prefeitura e o Governo do Estado continuam a fechar os olhos e os ouvidos para a vontade da população. Hoje estaremos novamente ocupando as ruas para barrar o aumento. Na Praça da Sé a partir das 17h. Outras reivindicações estão presentes nos atos contra o aumento da tarifa, mas o motor das mobilizações e o fator de união entre os diversos manifestantes é esse aumento excludente. Hoje, no Conselho da Cidade, o Prefeito Fernando Haddad se comprometeu com o MPL a marcar ainda essa semana uma reunião cuja pauta única é a revogação da tarifa. Não aceitaremos nada menos que a queda dos 20 centavos. Mesmo assim o prefeito insiste em dizer que baixar a tarifa é tirar dinheiro da educação e saúde. Isso não é verdade. Basta diminuir o enorme lucro dos empresários, já quem paga 70% do custo do transporte é o usuário, segundo a própria prefeitura. Os atos convocados pelo Movimento Passe Livre de São Paulo continuarão a ter reivindicação central muito clara e Continue lendo Nota pública sobre os atos do dia 17/06