Nota sobre a manifestação do dia 6

Nota nº1: esclarecimento do MPL São Paulo sobre o ato de 06/06 Movimento Passe Livre de São Paulo vem com esta nota esclarecer as acusações de vandalismo e depredação do patrimônio público feita pela Policia Militar de São Paulo e por parte da imprensa. Ontem, quinta-Feira, foi realizado o 1º Grande ato contra o aumento da tarifa no transporte público da capital paulista. Com concentração inicial em frente ao Teatro Municipal, o ato reuniu 5 mil pessoas e seguiu em caminhada pacífica pelas ruas do centro da cidade. Exercendo seu legítimo direito de se manifestar, as pessoas ocuparam importantes vias da capital e em seguida sofreram diversos momentos de repressão violenta por parte da Polícia Militar. A população que já revoltada com o abusivo aumento das tarifas reagiu e revidou a agressão dos policiais – que, vale a pena lembrar,são os policiais que possuem armas e bombas. Ontem, a PM feriu dezenas de pessoas. As imagens dessa repressão brutal podem ser vistas em toda a mídia e em vídeos nas redes sociais. A truculência da PM é um fato conhecido até mesmo pela imprensa, que diversas vezes tem seus cinegrafistas e repórteres vítimas dessa violência. As depredações só se iniciaram depois Continue lendo Nota sobre a manifestação do dia 6

Ações pela cidade divulgam o grande ato do dia 6!

Desde o início da semana passada, vários bairros de São Paulo vem vivendo mobilizações populares contra o aumento da tarifa. Aconteceram manifestações em Pirituba, D. Pedro, M’Boi Mirim e outros regiões, espalhando a revolta pela cidade e fortalecendo a divulgação de um grande ato que acontecerá na quinta-feira. Ao longo desta semana, aconteceram ainda panfletagens no centro e no Campo Limpo, e mais um ato na Vila Leopoldina, organizado por estudantes da EE José Monteiro Boanova e do SESI 414 com apoio do Movimento Passe Livre e dos batuques rebeldes da Fanfarra do MAL. A manifestação caminhou pelo bairro, bloqueando o cruzamento da av. Imperatriz Leopoldina com a Queiroz Filho por vinte minutos, de onde seguiu em marcha, cruzando o Viaduto do Jaguaré. Ao final, foi realizada uma assembleia e um catracaço. Fotos do ato na Leopoldina:   Panfletagem no Terminal Campo Limpo Lambes divulgando o dia 6

Ato contra o aumento queima catraca no Terminal Pq. D. Pedro

Na manhã desta terça-feira, dia 28/05, partiu do parque D. Pedro um ato contra o aumento das passagens organizado em conjunto por estudantes da E.E. São Paulo e pelo Movimento Passe Livre. Mesmo sob intensa chuva, cerca de 100 pessoas se reuniram em frente à escola com faixas e cartazes e, embaladas pela batucada de luta da Fanfarra do MAL – bateria autônoma que toca em manifestações de rua -, ocuparam o viaduto da Rangel Pestana. Em seguida, a passeata invadiu o Terminal Parque D. Pedro – que é o maior terminal de ônibus urbanos do continente! -, onde foram distribuídos panfletos para a população e para os trabalhadores do terminal. A notícia de que a tarifa ia subir soou uma surpresa desagradável para muitos passageiros; acompanhada, no entanto, da feliz notícia de que já tem gente lutando para mudar isso. E os manifestantes deixaram bem claro que essa luta não é só contra o aumento, mas contra todo tipo de tarifa no transporte público: por isso, simbolicamente, uma catraca foi queimada no interior do terminal. A marcha seguiu até a praça da Sé, onde, em assembleia, decidiu-se por seguir até a Prefeitura e lá queimar a catraca novamente. Mesmo Continue lendo Ato contra o aumento queima catraca no Terminal Pq. D. Pedro

Ato contra o aumento invade Terminal Pirituba

Na manhã desta segunda-feira, dia 27, cerca de 200 pessoas invadiram o Terminal Pirituba em protesto organizado pelo Movimento Passe Livre (MPL) contra o aumento das tarifas de ônibus, trem e metrô – que, segundo anúncio do prefeito e do governador, devem subir para R$3,20 no dia 2 de junho. A manifestação teve início às 7h da manhã em frente à EE Ermano Marchetti, de onde estudantes e moradores, embalados pela bateria da Fanfarra do MAL, partiram em marcha pelo bairro. No viaduto da av. Raimundo Pereira de Magalhães, os manifestantes queimaram uma catraca, simbolizando que a luta por um transporte verdadeiramente público é a luta pelo fim da cobrança de tarifa. Após sair do Terminal Pirituba a manifestação seguiu em direção à subprefeitura, atravessou a estação da CPTM e encerrou o ato na Avenida Mutinga. Durante a manifestação a polícia tentou intimidar militantes e impedir a manifestação, porém os manifestantes não se abalaram e seguiram em protesto. Essa foi a primeira ação contra o aumento realizada pelo MPL na semana. Nos próximos dias, o movimento realizará novas manifestações em outras regiões da cidade, espalhando a luta pelos bairros e divulgando o grande ato marcado para o dia 06/06 no centro de Continue lendo Ato contra o aumento invade Terminal Pirituba

Ato radical e impaciente em defesa do SUS no dia 22!

No dia 22 de maio, quarta-feira, o Fórum Popular de Saúde do Estado de São Paulo convida toda a população para um ato impaciente e radical contra o caos na no sistema de saúde estadual e em defesa de um SUS 100% público, gratuito e de qualidade. A manifestação terá início às 10h da manhã em frente ao Metrô Clínicas e contará com o apoio de movimentos populares como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) e da Frente de Comunidades em Luta “Periferia Ativa”, além do repertório musical de luta da Fanfarra do MAL (Movimento Autônomo Libertário). O Movimento Passe Livre SP também estará junto na rua, afinal nossas pautas devem caminhar juntas: se a luta por transporte é a luta pelo direito à cidade, é também pelo acesso aos equipamentos de saúde pública (já discutimos isso em outras ocasiões – como aqui e aqui). Convocatória lançada pelo Fórum Popular de Saúde: O estado de São Paulo é rico, mas o SUS aqui está um caos. Os pacientes reclamam a falta de médicos, o tratamento autoritário e fi‚la para especialistas. A situação em cidades como São Paulo, Campinas e Taboão da Serra é cada vez pior! Os pro‚ssionais da saúde reivindicam trabalho, transparência e Continue lendo Ato radical e impaciente em defesa do SUS no dia 22!