Novo site nacional do Movimento Passe Livre está no ar!

Na semana passada, entrou no ar o novo site da federação nacional do Movimento Passe Livre, no endereço http://mpl.org.br! Fundando no Fórum Social Mundial de 2005 em Porto Alegre, Movimento Passe Livre é uma federação de movimentos que lutam por um transporte público gratuito e fora da iniciativa privada em todo Brasil, e hoje conta com 16 coletivos integrantes: Movimento Passe Livre – ABC (SP) Movimento Passe Livre – Distrito Federal (DF) Movimento Passe Livre – Florianópolis (SC) Movimento Passe Livre – Fortaleza (CE) Movimento Tarifa Zero – Goiânia (GO) Movimento Passe Livre – Grande Vitória (ES) Movimento Passe Livre – Guarulhos (SP) Movimento Passe Livre – Joinville (SC) Movimento Passe Livre – Natal (RN) Movimento Passe Livre – Niterói (RJ) Movimento Passe Livre – Ribeirão Preto (SP) Movimento Passe Livre – Rio de Janeiro (RJ) Movimento Tarifa Zero – Salvador (BA) Movimento Passe Livre – São José dos Campos (SP) Movimento Passe Livre – São Luís (MA) Movimento Passe Livre – São Paulo (SP)

Nota da federação nacional do MPL sobre o sequestro de sigla

SOBRE O SEQUESTRO DE SIGLA Nota da federação nacional do Movimento Passe Livre Não é nenhuma novidade que a partir das mobilizações de junho, que surgiram principalmente das manifestações organizadas pelo Movimento Passe Livre em São Paulo e pelo contexto de lutas contra aumento das passagens em tantas outras cidades do país, o nome “Movimento Passe Livre” passou a ser usado em muitas cidades onde não existiam coletivos MPL locais. A mídia deu uma grande exposição das lutas contra o aumento das tarifas em São Paulo e pro MPL em si, e isso contribuiu muito para esta proliferação de “Movimentos Passe Livre” pelo Brasil afora. Hoje, muitos desses “Movimentos” que surgiram fazem parte da federação do MPL, mas o “Passe Livre” também foi usado por vários coletivos que tinham um caráter muito diferente do Movimento que temos construído ao longo de vários anos. Nos sentimos honrados de ser um dos atores responsáveis pela retomada das lutas de rua autônomas e vitoriosas, e que a nossa organização e as nossas práticas tenham servido de exemplo para tantas outras lutas, mas precisamos ressaltar que nunca nos colocamos no papel de “donos” das lutas de junho. E foi conscientemente que não assumimos o Continue lendo Nota da federação nacional do MPL sobre o sequestro de sigla

Nove anos da fundação do MPL nacional

29/01/2014: Aniversário de 9 anos da plenária nacional de fundação do MPL Há 9 anos, coletivos que lutavam contra os problemas do transporte coletivo em suas cidades se encontraram em uma plenário no Fórum Social Mundial,em Porto Alegre. Em um dia de debates, esses coletivos perceberam não só as semelhanças de seus problemas, mas também de suas práticas políticas. Assim nascia a federação nacional do Movimento Passe Livre – um movimento social autônomo, horizontal, independente e apartidário – que, ao longo de todo esse tempo, tocou diversas lutas por um transporte efetivamente público em todo o Brasil. TODA FORÇA PARA QUEM LUTA POR UMA VIDA SEM CATRACAS! [Cobertura da plenária no Centro de Mídia Independente (CMI): http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2005/02/306121.shtml]

Nota do MPL-Brasil em solidariedade à luta em Joinville

Nota da federação nacional do Movimento Passe Livre em solidariedade à luta em Joinville  (SC) No dia 14 de agosto de 2013, o Movimento Passe Livre Joinville convocou um ato que tinha, como de costume, a Praça da Bandeira, no centro da cidade, como ponto de encontro. As pautas eram a retomada do debate em torno da licitação do transporte, operado há mais de quatro décadas pelas mesmas duas empresas e o início do processo que conduzirá à formação de uma empresa pública, operando com tarifa zero. O ato ainda prestava solidariedade à manifestação que ocorria simultaneamente em São Paulo, a qual pautava os mais de 570 milhões de reais desviados das obras do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. A população, então, deixou a Praça e se dirigiu até o prédio em que ocorria a reunião do Conselho da Cidade. Ressaltamos que tal Conselho é público e também o são suas reuniões, não devendo, portanto, acontecer em prédios privados, ao contrário do que acontecia naquele 14 de agosto. Felizmente, o segurança do local não logrou impedir a entrada dos/as manifestantes. No entanto, Álvaro Cauduro de Oliveira, assessor jurídico da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e representante desta Continue lendo Nota do MPL-Brasil em solidariedade à luta em Joinville

Nota nacional do MPL sobre a semana de luta do 26 de outubro

SEMANA NACIONAL DE LUTA! O ano de 2013 acabou com a suposta calmaria brasileira. Manifestações pipocaram por todo o país, demonstrando uma insatisfação generalizada com toda a estrutura política e social. Pautas como a precariedade do sistema único de saúde, da educação e os elevados custos de vida nas cidades foram enfatizadas. Em muitas cidades os protestos iniciaram a partir da insatisfação com as tarifas do transporte coletivo. Porto Alegre, Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro foram às ruas contra os aumentos de passagem e conseguiram derrubá-lo. A bandeira da Tarifa Zero passou a ser conhecida e comentada, foi implementada em algumas cidades e declarada “perfeitamente possível” por governos como o do Distrito Federal. As ruas continuam a ser tomadas pelas mais diversas demandas: são professores/as no Rio, indígenas de todo território mobilizados contra o avanço ruralista sobre seus direitos, ocupações dos movimentos sem teto nos grandes centros urbanos… Os gritos de quem nunca dormiu continuam a ecoar, e a repressão e criminalização dos movimentos sociais se intensifica por toda parte. Essa escalada repressiva ficou ainda mais evidente com o uso da lei 12.850 assinada pela presidência da republica, para enquadrar manifestantes em SP e RJ como “organizações criminosas” Continue lendo Nota nacional do MPL sobre a semana de luta do 26 de outubro