“O Coletivo Tarifa Zero é o MPL em Salvador”

Publicamos abaixo nota publicada pelo Coletivo Tarifa Zero de Salvador, recém ingresso na federação nacional do MPL: O Coletivo Tarifa Zero é o MPL em Salvador Não começou agora e não terminará com a gente. O Coletivo Tarifa Zero pode ter um mês para comemorar o seu nascimento, Junho de 2013, e um local, as ruas de Salvador, mas sua história começa bem antes, em algum ponto indeterminado de um passado recente, no qual cada militante que o compõe se engajou em uma luta libertária. Juntos aos movimento sociais, na luta antiglobalização ou no movimento estudantil, na revolta do Buzu e depois no Exu Tranca Rua ou no primeiro coletivo do MPL de Salvador, na luta pelo direito à cidade, no feminismo, no Desocupa, nas bicicletadas, pelo software livre, ocupando praças, no Centro de Mídia Independente ou nos sindicatos, é daí destes lugares e de outros tantos que vêm cada um de nós e que, oxalá, virão os próximos. Tudo isto se encontrou no fluxo que se formou nas avenidas, que foi barrado pela violência policial do Estado e seus governos, e que teve que superar as tradicionais organizações da auto-intitulada esquerda que se recusaram a entender o que nascia. Continue lendo “O Coletivo Tarifa Zero é o MPL em Salvador”

Relato da atividade com o coletivo em formação do MPL-Baixada Santista

Re-publicamos aqui relato feito pelos companheiros da Rádio da Juventude, coletivo de comunicação livre e classista sediado nos bairros Vila Margarida e Pq. Bitarú em São Vicente, sobre atividade realizada no CES (Centro de Estudantes de Santos) no último final de semana a fim de discutir a (re)organização do Movimento Passe Livre na Baixada Santista. O debate contou com a presença de uma companheira do MPL – São Paulo e do coletivo que vem impulsionando as lutas por transporte público na baixada. Leia abaixo (veja o original aqui): Seminário do MPL em Santos tira dúvidas sobre o que é o movimento e quais seus princípios “Não queremos um benefício! Queremos uma outra lógica […] somos um movimento anti capitalista […] nossos princípios não foram decididos de cima pra baixo, foram decididos na nossa vivência […] Queremos uma vida sem catracas […] o MPL não é um espaço de disputas, temos uma pauta clara” MPL SP Neste último sábado (24) ocorreu um seminário no Centro dos Estudantes (CES) em Santos para discutir o que é Movimento Passe Livre (MPL) e contou com a participação de Mayara integrante do MPL SP, o objetivo além do debate foi entender o movimento, saber sua história, seus Continue lendo Relato da atividade com o coletivo em formação do MPL-Baixada Santista

Distrito Federal: Quebrando a catraca pela base!

Re-publicamos aqui o informe do Movimento Passe Livre do Distrito Federal (MPL-DF) sobre a continuidade das atividades do movimento na região após as Jornadas de Junho. Assim como o MPL-SP, o coletivo do DF segue na luta, quebrando as catracas pela base, construindo a organização popular a partir de cada bairro, para conquistar um transporte verdadeiramente público, sem tarifa e sob o controle de seus trabalhadores e usuários. Toda força para os camaradas do DF! “E agora? A festa acabou? O DF dormiu? Cadê o MPL-DF? A nossa resposta pra esses questionamentos é o trabalho cotidiano, muitas vezes invisível para quem vê o mundo pelos olhos dos telejornais. Essa é e sempre foi a grande aposta do Movimento Passe Livre: o que chamam por aí de organização popular. Nos espalhamos pelas cidades do DF e entorno, conversando com outros movimentos e pessoas, conspirando para conquistar a tarifa zero e um transporte público de verdade, gerido por nós, que o usamos. Em outras palavras, acreditamos que é a partir da nossa organização que conquistaremos nossos direitos – e é essa organização também que faz com que fechar as ruas seja sempre uma oportunidade de abrir novos caminhos.” MPL-DF. Por uma vida sem Continue lendo Distrito Federal: Quebrando a catraca pela base!

Goiânia: A reação das empresas de transporte

Republicamos aqui texto escrito pelo coletivo Tarifa Zero Goiânia, integrante da federação nacional do Movimento Passe Livre, sobre a luta por transporte na cidade. Publicado originalmente aqui. Goiânia: A reação das empresas de transporte “Não estamos aqui defendendo uma classe e sim o transporte coletivo!”, explicava um motorista no comando do carro de som, na manifestação que reuniu cerca de cem trabalhadores do transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia (RMG), no dia 31 de julho. “Ninguém tá vendo ninguém parar o serviço aqui, são pessoas que já trabalharam e estão aqui!”. A manifestação convocada também pelo perfil do facebook, chamado “Colaboradores RMTC” (Rede Metropolitana de Transporte Coletivo), é uma resposta indireta das empresas de transporte coletivo da RMG às manifestações populares que resultaram no cancelamento do reajuste da tarifa, na criação do Ganha Tempo e na proposta do Passe Livre Estudantil Integral. A formação do movimento Colaboradores RMTC nasceu durante o ciclo de palestras organizado pelas empresas da RMTC, realizado no Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/Serviço Social de Aprendizagem do Transporte), onde os funcionários receberam um “choque de realidade” sobre a situação das empresas: “Porque tem pessoas no nosso meio que dizem ‘Ah… Eu defendo o leite do trabalhador’, Continue lendo Goiânia: A reação das empresas de transporte

Criminalização de militante do MPL-Vitória. Por uma vida sem grades e sem catracas!

MPL-GV: “A condenação do militante, aluno do Serviço Social da UFES, é uma demonstração do tratamento desigual da ‘justiça’ brasileira, a depender da origem social do réu, e desnuda o caráter opressor desse Estado criminal, protetor de todos os monopólios, das terras, do transporte, de todo o capital, enquanto lança sobre operários, jovens e camponeses suas hordas de mercenários, de todos os uniformes.”

(Texto de denúncia publicado pelo coletivo do MPL Grande Vitória [ES], que denuncia a criminalização de um militante, preso e acusado de portar explosivos durante manifestação em 2012, e condenado durante o último mês de julho. Solidariedade e força para quem luta! Por uma vida sem catracas e sem grades!) Continue lendo Criminalização de militante do MPL-Vitória. Por uma vida sem grades e sem catracas!