Papo RAP sobre transporte público no CEU Parelheiros

No dia 31/08 o MPL tá no CEU Parelheiros numa conversa sobre a luta por transporte, junto com o Robsoul e a Rede Extremo Sul! Em junho barramos o aumento, agora vamos seguir pensando nos próximos passos da retomada desse transporte que é nosso! Continue lendo Papo RAP sobre transporte público no CEU Parelheiros

Luta do transporte no Extremo Sul: organização popular contra a humilhação coletiva!

Do Terminal Grajaú, denunciamos o MASSACRE COTIDIANO que vivemos dia-a-dia sufocados e pisoteados nos ônibus e trens. Contra a HUMILHAÇÃO COLETIVA do transporte público, resistimos com a ORGANIZAÇÃO POPULAR em nossos bairros. Nas quebradas do Grajaú, Varginha e Parelheiros, vamos nos juntar para pensar e lutar pelo que é nosso. Quando os empresários e governantes tentaram subir a passagem em junho, saímos nas ruas de toda a cidade e derrubamos o aumento, e eles tiveram que engolir. Agora que retomamos nossa força, vamos começar a decidir todo o resto: agora. Agora, nós é que vamos mandar no transporte. Chega de ser tratado feito gado em lata de sardinha! Chega de decidirem sobre a nossa vida sem nos consultar. Agora é a gente que vai se organizar, a gente que vai decidir! Acompanhe e some nas atividades pela página do facebook: Luta do transporte no Extremo Sul. TODO PODER AO POVO!

Ocupações do Grajaú protestam em frente à Prefeitura

Na manhã desta segunda-feira, cerca de 300 pessoas, moradores e apoiadores das ocupações Jardim da Luta e Recanto da Vitória, ambas situadas no distrito do Grajaú (no Jd. Gaivotas e no Jd. Lucélia), realizaram um protesto em frente à Prefeitura de São Paulo. Os manifestantes trancaram as entradas do Viaduto do Chá nos dois sentidos por cerca de 2 horas e escreveram palavras de ordem no asfalto: “Moradia já! Periferia luta!”. Em seguida, foi protocolado e lido um documento exigindo que os terrenos ocupados sejam destinados à moradia para atender a necessidade das famílias ocupantes. Essas ocupações surgiram no início de agosto, em uma onda na qual mais de 20 terrenos abandonados foram ocupados pela população no Grajaú, numa verdadeira resposta popular a vários anos de violentos despejos na região, que tiram as casas das famílias e geram um aumento no preço dos aluguéis. Milhares de pessoas agora vem tomando áreas até então vazias (que só servem para a especulação imobiliária) e construindo ali suas moradias. Sem nenhuma notícia na mídia, esse movimento “espontâneo” – assim chamado porque tem sido feito pelas próprias pessoas, de forma autônoma – mostra que o povo não depende de ninguém para resolver seus próprios problemas. Se em Junho Continue lendo Ocupações do Grajaú protestam em frente à Prefeitura

Mais de 20 ocupações no Grajaú! Todo apoio à luta por moradia!

Em menos de duas semanas, mais de 20 terrenos abandonados foram ocupados pela população no Grajaú, zona sul de São Paulo. Essas ocupações,http://saopaulo.mpl.org.br/wp-content/uploads/2013/08/revolucao.jpg cujo número só cresce a cada dia, são uma resposta popular a vários anos de violentos despejos na região, que tiram as casas das famílias e geram um aumento no preço dos aluguéis. Milhares de pessoas agora vem tomando áreas até então vazias (que só servem para a especulação imobiliária) e construindo ali suas moradias. Sem nenhuma notícia na mídia, esse movimento “espontâneo” – assim chamado porque tem sido feito pelas próprias pessoas, de forma autônoma – mostra que o povo não depende de ninguém para resolver seus próprios problemas. Se em Junho a população lutou e conseguiu impedir o aumento da passagem, agora ela sabe que lutando pode conquistar muito mais. No Grajaú, o povo está efetivando na prática seu direito à moradia, historicamente negado pelo Estado. Quando morar é um privilégio, ocupar é um dever! Todo apoio às ocupações no Grajaú! Vídeos da luta: Ocupação Recanto da Vitória Ocupação Povo Unido Para Vencer Marcha da Moradia no Grajaú (31/07) Leia mais sobre as ocupações no Grajaú na página da Rede Extremo Sul, movimento popular autônomo da região: http://redeextremosul.wordpress.com