Sob bombas, prisões e ameaças, periferia luta contra as catracas! Informe do ato no Grajaú

Na tarde de quarta-feira (23/10), centenas de pessoas se reuniram na avenida Belmira Marin, na altura da EE Carlos Ayres, em um protesto por um transporte digno e gratuito no extremo sul de São Paulo, exigindo a volta das linhas de ônibus bairro-centro cortadas nos últimos anos, a criação de uma linha circular entre os bairros e a extensão da Linha Esmeralda da CPTM até o Varginha e Parelheiros. Fruto de um processo longo de construção, com intervenções e terminais, debates nas escolas e quebradas, o ato contou com a presença de vários movimentos da região, jovens das escolas, moradores das ocupações, grupos de teatro, usuários que aderiram no caminho. Ao longo da manifestação, aconteceram intervenções artísticas e uma queima de catraca ao som do grito “queima catraca Grajaú!”. Próximo ao Terminal Grajaú, um grupo de dezenas de pessoas, dentre eles funcionários da administração da SPTrans na zona sul, tentaram impedir que o ato ocupasse a via, ameaçando e agredindo os manifestantes. O ato, porém, resistiu e persistiu, seguindo em direção ao Passa-Rápido Rio Bonito, onde chegou um grupo de 200 moradores da Ocupação Anchieta para somar na luta. Em assembleia, decidiu-se por seguir em direção ao Socorro. Na avenida Continue lendo Sob bombas, prisões e ameaças, periferia luta contra as catracas! Informe do ato no Grajaú

23/10 – Ato no Grajaú: periferia luta contra as catracas!

Contra a humilhação coletiva no transporte público, organizamos a resistência popular nas quebradas do Grajaú, Varginha e Parelheiros. Dia 23/10 voltamos às ruas do Extremo Sul de São Paulo, todos juntos contra o sufoco, contra o vandalismo do Estado e das empresas de ônibus que nos exploram… Quando os empresários e políticos tentaram subir a passagem para R$3,20 em junho, foi a gota d`água. A força das manifestações mostra que quando o povo se organiza e luta, ele pode decidir sobre a própria vida. Mas a redução do aumento foi só o começo. O transporte continua ruim: ônibus lotados, velhos, sem manutenção e que passam muito pouco. Sem falar na humilhação coletiva que vivemos diariamente no Terminal Grajaú. Desde que construíram o terminal, cortaram quase todas as linhas que iam direto dos bairros até o centro, forçando a população a perder horas pegando mais de um ônibus e enfrentando filas enormes. Para quem pega ônibus, o sistema de transporte parece uma bagunça. Mas a verdade é que ele está muito bem organizado. Organizado não para o nosso bem-estar, mas para dar dinheiro para os donos das empresas de ônibus. Tem gente que lucra muito dinheiro como sufoco que a gente passa Continue lendo 23/10 – Ato no Grajaú: periferia luta contra as catracas!

Luta do transporte no Extremo Sul: organização popular contra a humilhação coletiva!

Do Terminal Grajaú, denunciamos o MASSACRE COTIDIANO que vivemos dia-a-dia sufocados e pisoteados nos ônibus e trens. Contra a HUMILHAÇÃO COLETIVA do transporte público, resistimos com a ORGANIZAÇÃO POPULAR em nossos bairros. Nas quebradas do Grajaú, Varginha e Parelheiros, vamos nos juntar para pensar e lutar pelo que é nosso. Quando os empresários e governantes tentaram subir a passagem em junho, saímos nas ruas de toda a cidade e derrubamos o aumento, e eles tiveram que engolir. Agora que retomamos nossa força, vamos começar a decidir todo o resto: agora. Agora, nós é que vamos mandar no transporte. Chega de ser tratado feito gado em lata de sardinha! Chega de decidirem sobre a nossa vida sem nos consultar. Agora é a gente que vai se organizar, a gente que vai decidir! Acompanhe e some nas atividades pela página do facebook: Luta do transporte no Extremo Sul. TODO PODER AO POVO!